• img-book

    Maria de Fátima Palma, Virgílio Lopes,

ISBN: 9788412227512
REF: NAKLA24 Categorías: , , ,

O Território e a Gestão dos…

Número de páginas: 504
Por: Maria de Fátima Palma, Virgílio Lopes,

O Encontro Internacional «O Território e a Gestão dos Recursos entre a Antiguidade Tardia e o Período Islâmico» realizou-se nos dias 10 e 11 de Maio de 2019, integrado na décima edição do Festival Islâmico de Mértola. Foi organizado pelo Campo Arqueológico de Mértola (CAM) e Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do […]

sin iva

24,04

Cantidad:

O Encontro Internacional «O Território e a Gestão dos Recursos entre a Antiguidade Tardia e o Período Islâmico» realizou-se nos dias 10 e 11 de Maio de 2019, integrado na décima edição do Festival Islâmico de Mértola. Foi organizado pelo Campo Arqueológico de Mértola (CAM) e Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património (CEAACP). Teve apoio científi co por parte da Universidade de Granada e Pontifício Instituto de Arqueologia Cristã e contributo fi nanceiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e da Câmara Municipal de Mértola.

Este encontro foi um espaço de apresentação de resultados e de debate em torno de diversas investigações científi cas realizadas na parte ocidental do Mediterrâneo. A caracterização dos territórios, a gestão dos recursos e o modo como estes se refl ectem no povoamento e na economia regional foram abordados na perspectiva da transição entre a Antiguidade e o período Medieval, tendo em conta a longa duração destes tempos históricos.

Este volume reúne 20 trabalhos de 24 investigadores sobre diferentes regiões de Portugal, Espanha, Itália, Marrocos e Tunísia numa investigação que pretende dar início a um debate mais constante sobre esta temática.

Nasceu em Beja a 12 de Maio de 1982. Arqueóloga e investigadora do Campo Arqueológico de Mértola desde 2005. Atualmente é Bolseira de Doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Frequenta o Programa de Doutoramento em História e Artes, na linha de investigação «al-Andalus e a Sociedade Feudal», na Universidade de Granada, na temática dedicada à organização do povoamento e do território de Mértola entre os séculos VIII e XIII. Mestrado em Arqueologia e Património pela Universidade de Huelva, em 2010. Licenciatura em Histó ria variante de Arqueologia pela Universidade de Évora em 2005. Investigadora integrada no Centro de Estudos em Arqueologia Artes e Ciências do Património (CEAACP) e membro da direção do Campo Arqueológico de Mértola.

Virgílio António Martins Lopes, nasceu em Peredo da Bemposta em 29 Maio de 1966. Arqueólogo e membro da direção e do Campo Arqueológico de Mértola, desde 1990. Investigador do Centro de Estudos em Arqueologia Artes e Ciências do Património; Bolseiro de pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia a desenvolver a linha de investigação «O processo de cristianização do sul da Lusitânia – o caso de Mértola». Doutoramento em «Património Histórico y Natural. Investigaçión, Protección, Difusión y Didáctica», no Departamento de Historia I, Universidade de Huelva, com a dissertação «Mértola e o seu território na Antiguidade Tardia (Séculos IV-VIII)» (2014). Mestrado em História da Arte – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa (2003). Licenciatura em História Variante de Arqueologia – Faculdade de Letras – Universidade do Porto (1990).

 

“O Território e a Gestão dos…”

Aún no hay comentarios.